Idosos

  • Idosos
  • Viagens entre estados do Brasil
  • De acordo com o Estatuto do Idoso se o cliente tem 60 anos ou mais é considerado idoso e prevê 100% de gratuidade, em ônibus de serviço convencional, seguindo as seguintes condições:

     

    1. Total de 2 (dois) lugares por ônibus de serviço convencional;

    2. Comprovar idade mínima de 60 anos, através de um dos seguintes documentos:

    a. Carteira de Identidade (RG);

    b. Carteira de identidade emitida por conselho ou federação de categoria profissional;

    c. Carteira de trabalho;

    d. Carteira de Identidade expedida por órgão subordinado à Presidência da República;

    e. Carteira de identidade expedida pelos Comandos das Forças Armadas;

    f. Cédula de Identidade de Estrangeiro – CIE;

    g. Registro de Identificação Civil – RIC;

    h. Passaporte;

    i. Carteira nacional de habilitação (CNH) física ou por meio de aplicativo digital oficial;

    j. Outro documento com fotografia e fé pública em todo território nacional.

    3. Possuir e comprovar renda igual ou inferior a 2 (dois) salários mínimos, através de um dos seguintes documentos:

    a. Carteira de Trabalho e Previdência Social com anotações atualizadas;

    b. Contracheque (holerite) de pagamento ou documento emitido pelo empregador;

    c. Carnê de contribuição do INSS;

    d. Extrato de pagamento de benefício ou declaração fornecida pelo INSS ou outro regime de previdência social público ou privado;

    e. Documento emitido pelas Secretarias de Assistência Social.

    4. Solicitar o “Bilhete de Viagem do Idoso” nos pontos de vendas próprios da transportadora com antecedência de pelo menos 3 (três) horas antes ao horário de partida do ônibus.

     

    O Estatuto do Idoso prevê, quando houver mais pessoas nas mesmas condições de gratuidade que queiram fazer o mesmo trajeto, no mesmo dia e veículo, e as vagas já estiverem ocupadas por outros idosos, elas terão direito a um desconto de 50% do valor da passagem, mas devendo pagar a tarifa de pedágio e de utilização do terminal rodoviário.

    Idosos devem ter embarque prioritário.

  • Viagens dentro do estado de São Paulo
  • De acordo com lei estadual o idoso, clientes com 60 anos ou mais, tem o direito a uma passagem com tarifa 100% gratuita, em viagens entre os municípios do Estado de São Paulo, em ônibus de serviço convencional, limitado a um total de 2 (dois) assentos por veículo.

     

    1. A reserva deve ser feita a partir de 05 (cinco) dias de antecedência da viagem, até 24 (vinte e quatro horas) contados do horário previsto para o horário da viagem, apenas presencialmente, pelo idoso, nas agências oficiais de vendas de passagens da empresa;
    2. É obrigatória a apresentação do CPF e RG pelo idoso para a reserva da passagem;
    3. A passagem é pessoal e intransferível;
    4. Não é necessária a apresentação de comprovante de renda mínima;
    5. O desconto NÃO se aplica as taxas de pedágio e/ou rodoviária;
    6. Idosos devem ter embarque prioritário.

Dúvidas e compra de passagens: 4004-9600

Cancelamentos, sugestões e reclamações: 0800-942-0030

Deficiente auditivo ou fala: 0800-770-3603

Assessoria de Imprensa: youngpr.imprensa@yr.com